09/01/2017 09h10 - Atualizado em 09/01/2017 09h10

Pela primeira vez Mato Grosso do Sul sedia maior evento de colheita do País

Aprosoja/MS, Liana Feitosa.

Imagens: Aprosoja/MS, Liana Feitosa.

Mato Grosso do Sul será o centro do cenário agrícola nacional neste mês. Nos dias 25 e 26 o município de Ponta Porã localizado no sul do estado, vai reunir cerca de 1,5 mil pessoas entre produtores rurais, investidores, pesquisadores, técnicos, autoridades e profissionais do setor agro para, juntos, iniciar a colheita da safra de soja 2016/2017.

 

A cidade, segunda maior produtora sul-mato-grossense desse grão, sediará a Abertura Nacional da Colheita de Soja, o principal e maior evento de abertura de colheita do País.

 

A iniciativa acontece anualmente e, nesta edição, é uma parceria da Aprosoja Brasil (Associação dos Produtores de Soja do Brasil), Canal Rural, Senar/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de MS) e Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul), entidade essa que reúne produtores de soja e milho, e proporciona um fórum para intercâmbio de ideias sobre os assuntos que afetam o mercado agropecuário.

 

A propriedade rural escolhida para abrigar o evento – a Agropastoril Jotabasso – cultiva uma área de 18,5 mil hectares com altitude entre 650 a 750 metros, e tem mais de 30 anos de experiência e conhecimento na produção de sementes. 

 

Estrutura

 

O local abrigará ampla estrutura, inclusive com transmissão ao vivo da programação pelo Canal Rural e participação de apresentadores da emissora. Haverá ainda espaço para alimentação, stands de empresas parceiras, auditório para a realização de palestras e exposição de produtos e máquinas agrícolas. Além disso, serão realizadas visitas às áreas demonstrativas e campos de produção de sementes da Jotabasso durante os dois dias de evento.

 

Na quinta-feira (26), a palestra central será ministrada pelo agrônomo e pesquisador Evaristo Eduardo de Miranda. Autor de 45 livros, ele é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) desde 1980. Tem mestrado e doutorado em Ecologia pela Universidade de Montpellier (França) e, na ocasião, falará sobre uso e ocupação da terra no Brasil e a sustentabilidade agrícola do País em comparação com outros players agrícolas mundiais.

 

Inscrições

 

Para participar, basta inscrever-se gratuitamente no site: www.projetosojabrasil.com.br. A Jotabasso fica distante cerca de 25 quilômetros do Centro de Ponta Porã (MS). Outras informações: (67) 3320-6921, ou no e-mail: aprosojams@aprosojams.org.br.

 

Sobre a Aprosoja/MS

 

A Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul é uma entidade representativa de classe sem fins lucrativos constituída por produtores rurais ligados à cultura de soja, milho e outros grãos. Sua missão é viabilizar a sustentabilidade dos produtores do Estado, atendendo as demandas do mercado globalizado, oferecendo serviços de informação, qualificação, apoio e representação política da classe. A Aprosoja/MS faz parte do Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), assim como o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), a Funar (Fundação Nacional de Aprendizagem Rural) e Sindicatos Rurais. Com sede situada em Campo Grande, mantém canal de comunicação aberto com os produtores de todo o Estado.

 

Média: Pela primeira vez Mato Grosso do Sul sedia maior evento de colheita do País     5,0 estrelas      
Vote nesta matéria


Leia mais notícias de Agronegócios

0 Comentários