25/10/2016 18h38

MS Agro 2016: Gestão eficiente da propriedade é destaque no lançamento

Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul

Imagens: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul

Em tempos de competitividade e eficiência, a gestão aparece como resposta para os mais diferentes tipos de negócio, entre eles, as empresas rurais. Este ponto de vista foi destaque durante o lançamento do da 7ª edição do MS Agro 2016, realizado nesta terça-feira (25), na sede do Sistema Famasul - Federação da Agricultura e Pecuária de MS, com a participação de representantes rurais e políticos do Estado. O evento acontece no dia 24 de novembro, a partir das 7h30, no auditório da Casa Rural, em Campo Grande.

 

 

“Nada mais atual do que falar em gestão, ser eficiente no planejamento da propriedade tornar os produtores rurais competitivos, ainda mais quando falamos em Mato Grosso do Sul, referência nacional em produção e produtividade”, afirmou o presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito, durante a cerimônia.

 

O MS Agro é um dos principais encontros da agenda agropecuária de Mato Grosso do Sul. Ao longo deste ano, a instituição já promoveu aproximadamente 80 eventos voltados  ao setor produtivo dentro e fora do Estado, alcançando um público total superior a 30 mil pessoas. 

 

 

Sobre o tema deste ano 'Gestão: Uma ferramenta para novas oportunidades', o diretor da Aprosoja/MS – Associação dos Produtores de Soja de MS, Juliano Schmaedecke, entidade co-realizadora do evento, ressaltou. “A iniciativa traz conhecimento em um momento econômico difícil o qual exige que o gerenciamento correto seja aplicado com sabedoria”, e lembra que, até o final do ano, 18 municípios receberão o Circuito Aprosoja, projeto desenvolvido pela entidade.

 

A coordenadora da iniciativa, Adriana Mascarenhas, agradeceu a presença da imprensa que colabora com a divulgação e falou do objetivo do evento. “Entender este tema é de fundamental importância para toda a sociedade. O objetivo é abordar o assunto em um ambiente maior que vai além da agropecuária”, explica a gestora do departamento de economia do Sistema Famasul.

 

Saito também destacou a responsabilidade do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural na capacitação. “O agro é um dos setores que mais geram emprego. Isso nos torna ainda mais comprometidos com o compartilhamento de informações. Em 2016 devemos realizar mais de 160 mil atendimentos e este é mais um evento que permite que o setor se prepare da porteira para fora, mas também da porteira pra dentro, gerindo a propriedade”, acrescenta. 

 

 

Completaram a cerimônia os presidentes dos sindicatos rurais: Leandro Mello Acioly, de Bela Vista; André Cardinal, de Ponta Porã; Ruy Fachini, de Campo Grande; Saturnino Silvério, de Camapuã; João Nelson Lyrio, de Bandeirantes; João Borges, de Terenos; Manuel Agripino, de Bataguassu; Valter Dalla Valle, de Vicentina, entre outros representantes dos sindicatos de Nioaque e Três Lagoas. O presidente do Sistema Famasul agradeceu. “Quero fazer um agradecimento aos 68 presidentes de sindicatos rurais que dedicam tempo pessoal para se dedicar ao coletivo”, finalizou.

 

 

Também participaram do evento: o vice-presidente da Federação, Nilton Pickler; o diretor tesoureiro, Luis Alberto Moraes Novaes; a diretora-secretária, Terezinha Cândido; o diretor executivo, Lucas Galvan e o superintendente regional do Senar/MS, Rogério Beretta, além do secretário Adjunto de Produção e Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul, Jerônimo Alves; o chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Cleber Oliveira Soares; o presidente da Biosul, Roberto Holanda; a vice-presidente da Iagro, Marina Dobashi e o presidente da OCB/MS – Organização das Cooperativas Brasileiras de MS, Celso Regis.

 

 

A cerimônia também marca o início das inscrições que devem ser feitas acessando famasul.com.br/msagro e são gratuitas. 

 

Sobre o Sistema Famasul

 

O Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é um conjunto de entidades que dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representam os interesses dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul. É formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e pelos sindicatos rurais do Estado.

 

O Sistema Famasul é uma das 27 entidades sindicais que integram a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Como representante do homem do campo, põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 17% do PIB sul-mato-grossense.

 

 


Média: MS Agro 2016: Gestão eficiente da propriedade é destaque no lançamento     5,0 estrelas      
Vote nesta matéria


Leia mais notícias de Agronegócios

0 Comentários