28/10/2016 13h54 - Atualizado em 28/10/2016 13h54

Mesmo com 7,6% de atraso, plantio da soja em MS chega a 45% da área

Assessoria de Imprensa – Aprosoja/MS, Liana Feitosa.

Imagens: Assessoria de Imprensa – Aprosoja/MS, Liana Feitosa.

A semeadura da safra 2016/2017 de soja está 7,6% atrasada na comparação com o mesmo período do ciclo 2015/2016. Isso se deve à escassez de chuvas principalmente na região norte do estado, segundo levantamento do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga MS), da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS).

 

Avanço por região

 

Os dados foram divulgados na Circular Técnica n° 182, da Casa Rural, nesta quinta-feira (27). Com o solo apresentando pouca umidade devido à falta de precipitações pluviométricas, muitos produtores optaram por adiar o início do plantio. De acordo com a Aprosoja/MS, foram plantados até o momento aproximadamente 1,1 milhão de hectares em Mato Grosso do Sul, o que significa que 45,4% das lavouras do estado já foram semeadas.

 

Também segundo as informações apuradas em campo pelos técnicos do Siga MS, verifica-se que a região sul do estado está com porcentagem média de área plantada mais avançada, em torno de 56,5%. Nesta região, o município de Coronel Sapucaia já encerrou a semeadura. Outras cinco cidades do sul do estado já se aproximaram de 80% de área plantada.

 

Na região norte, no entanto, apenas 24,7% das lavouras foram semeadas. Os municípios de Alcinópolis, Camapuã e Paraíso das Águas ainda não iniciaram o plantio. Já a região centro apresenta 31,2% da área plantada, sendo o município de Bandeirantes o mais avançado, com 40% do plantio concluído.

 

Estimativas

 

Até o momento, estima-se aumento de 2,4% da área plantada em Mato Grosso do Sul, passando de 2,46 milhões de hectares na safra 2015/16, para 2,52 milhões de hectares na safra 2016/17. Além disso, também é projetado acréscimo de 2,4% na produção do grão, passando de 7,601 milhões de toneladas na safra anterior, para 7,787 milhões de toneladas nesta safra. Já a produtividade deverá se manter estável, em 51,5 sc/ha.

 

Sobre a Aprosoja/MS

 

A Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul é uma entidade representativa de classe sem fins lucrativos constituída por produtores rurais ligados à cultura de soja, milho e outros grãos. Sua missão é viabilizar a sustentabilidade dos produtores do Estado, atendendo as demandas do mercado globalizado, oferecendo serviços de informação, qualificação, apoio e representação política da classe. A Aprosoja/MS faz parte do Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), assim como o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), a Funar (Fundação Nacional de Aprendizagem Rural) e Sindicatos Rurais. Com sede situada em Campo Grande, mantém canal de comunicação aberto com os produtores de todo o Estado. 


Média: Mesmo com 7,6% de atraso, plantio da soja em MS chega a 45% da área     5,0 estrelas      
Vote nesta matéria


Leia mais notícias de Agronegócios

0 Comentários