20/01/2017 11h04

Mãe e filha de Mato Grosso, morrem em acidente de Teori

Keka Werneck

Imagens: Reprodução

Duas mato-grossenses, mãe e filha, são as mulheres que morreram no acidente de avião, registrado nesta quinta-feira (19), que matou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki.


A mãe, Maria Hilda Panas, 55, mora em Juína, no interior de Mato Grosso, e foi visitar a filha, Maíra Panas Helatczuk, 23, que era massoterapeuta e trabalhava no hotel do empresário Carlos Alberto Filgueiras, que também estava no avião.
Uma delas chegou a sobreviver, bateu no vidro da aeronave, mas a equipe de salvamento não conseguiu chegar a tempo e ela faleceu afogada.

Reprodução

A massoterapeuta atendia hóspedes e também o empresário, que não dispensava as massagens dela.
Uma amiga da Maíra confirmou as mortes das mato-grossenses.

"A Maria Hilda tinha ido passar o aniversário com a filha, Maíra. O aniversário dela foi dia 15 e o dono do hotel deu esse passeio a Paraty a Maria Hilda, porque ele gostava muito da Maíra, eles tinham uma relação muito boa, uma relação paternal", informou a amiga.

"Na madrugada, uma amiga da Maíra ligou dizendo que havia conseguido falar com um piloto que estava por dentro do caso e passou essa informação sigilosa de que de fatos as duas embarcaram no avião", detalha a amiga.

Sobre a relação do empresário e da massoterapeuta, "ele sabia que a Maíra foi para São Paulo com a cara e a coragem e ele a admirava muito pela força que ela tinha". 


Média: Mãe e filha de Mato Grosso, morrem em acidente de Teori     5,0 estrelas      
Vote nesta matéria


Leia mais notícias de Brasil

0 Comentários