19/01/2017 08h08 - Atualizado em 19/01/2017 08h08

Ranking coloca Campo Grande como 9ª melhor cidade do Brasil

Capital perde para Curitiba, mas aparece 30 posições à frente de Cuiabá

Waldemar Gonçalves

Imagens: Reprodução/FB

Campo Grande é a nona melhor cidade do Brasil. É o que aponta o levantamento Melhores Cidades do Brasil, ranking inédito lançado este ano pela Revista Isto É.

 

A Capital sul-mato-grossense perde para Curitiba (PR), avaliada como o melhor entre 5.565 municípios avaliados, Joinville (SC), Belo Horizonte (MG), Maringá (PR), Caxias do Sul (RS), Santos (SP), Goiânia (GO) e Uberlândia (MG) – a maior do País, São Paulo (SP), é a 31ª. E, para não deixar a histórica – e por vezes pitoresca – disputa ‘caseira’, Campo Grande ficou 30 posições à frente de Cuiabá (MT).

 

O ranking foi elaborado pela Editora Três e pela agência de classificação de risco de crédito Austin Rating. Segundo a revista, para chegar aos resultados foi criado o IISD (Índice de Inclusão Social e Digital), analisando 212 indicadores sociais, econômicos, fiscais e digitais, de modo a “hierarquizar as cidades com foco na igualdade das oportunidades entre seus habitantes”.

 

O destaque para Campo Grande foi no aspecto econômico. A cidade figura em primeiro lugar no ranking geral neste quesito, o mesmo ocorrendo com relação a padrão de vida – é a oitava em mercado de trabalho.As informações desses 212 indicadores foram obtidas por meio de chamadas fontes primárias públicas, como IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), STN (Secretaria do Tesouro Nacional), Datasus, Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, entre outras. O desempenho dos municípios foi analisado tanto considerando um determinado momento, como pela evolução do indicador entre 2004 e 2014.

 

Por outro lado, é a 50ª nos indicadores sociais. Nesta área, a pior avaliação foi sobre habitação, 49ª posição entre as cidades de grande porte, e 35ª em responsabilidade social.

 

Quem é o prefeito?

 

A divulgação do ranking, pela Isto É, ocorreu em meados de setembro. No entanto, ao registrar detalhes sobre Campo Grande, em texto intitulado “Pujança no centro do País”, quem falou à reportagem foi Gilmar Olarte (PP), na condição de prefeito – ele foi afastado no cargo em 25 de agosto, mesmo dia em que Alcides Bernal (PP) teve decisão judicial favorável para reassumir o Executivo municipal.

 

“Nosso principal objetivo é crescer como uma capital segura, ‘ideal para criar os filhos’, como muitos dizem, e ainda assim evoluindo economicamente, por meio do desenvolvimento de setores que ainda têm grande espaço para crescer, como a indústria”, disse à revista o agora vice-prefeito afastado do cargo de prefeito.

 

Segundo a publicação, Campo Grande enfrenta atualmente o desafio da transição de uma cidade média para uma capital de grande porte. Destaca que a população se multiplicou por cinco dos anos 70 para cá, crescimento acompanhado no aspecto econômico.

 

Interior

 

Segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, Dourados aparece em 67ª no ranking geral e em 10ª considerando os municípios de médio porte. Ainda entre as médias, é a 1ª em indicadores fiscais e 24ª em qualidade de vida.

 

 


Média: Ranking coloca Campo Grande como 9ª melhor cidade do Brasil     5,0 estrelas      
Vote nesta matéria


Leia mais notícias de Campo Grande

0 Comentários