04/06/2015 06h41

Depois de oito dias, chega ao fim greve dos professores em MS

Aulas da rede estadual devem retornar na próxima segunda-feira (8). Categoria aceitou proposta de conciliação do TJ-MS apresentada na terça.

Do G1 MS com informações da TV Morena

Imagens: Foto: Reprodução/ TV Morena)

Em assembleia na Fetems, professores decidem pelo fim da greve

 Professores da rede estadual decidiram, nesta quarta-feira (3), acabar com a greve em Mato Grosso do Sul, depois de oito dias de paralisação. A categoria aceitou a proposta de conciliação do Tribunal de Justiça (TJ-MS) apresentada na terça-feira (2).

Segundo a assessoria da Federação do Profissionais em Educação (Fetems), as aulas devem ser retomadas na próxima segunda-feira (8). O próximo passo é encaminhar o resultado da assembleia geral ao tribunal.

Conforme a proposta, ficou determinada a integralização do piso em outubro de 2021, garantindo reajuste anual do piso com acréscimo de 4,37% todo décimo mês. Além disso, abriu a negociação para antecipação da data base dos administrativos.

No acordo ainda inclui o pagamento da diferença entre ¼ e 1/3 de noras atividades referentes a 2013, a partir de janeiro de 2016. Também ficou acertada prorrogação do concurso público do magistério com chamada de 500 professores em julho deste ano e mais 500 em janeiro do próximo ano.

A categoria ainda conseguiu a garantia de que administrativos podem disputar a eleição para diretor escolar. E em escolas de tempo integral terão eleições diretas.
A greve de professores e funcionários administrativos iniciou no dia 27 de maio. A Justiça chegou a determinar o retorno dos administrativos e 60% dos professores sob pena de multa de R$ 25 mil por dia.

Os funcionários dos setores administrativos reivindicam o reajuste e a mudança da data base dos funcionários de escola para janeiro. Já os professores reivindicam o reajuste de 10,98% no salário e o pagamento da 1/3 de hora-atividade.

De acordo com a Fetems, os professores do estado recebem por 20 horas R$ 1.331, enquanto que o nacional R$ 1.917. O governo diz que a categoria recebe o terceiro maior salário do país.


Média: Depois de oito dias, chega ao fim greve dos professores em MS     5,0 estrelas      
Vote nesta matéria


Leia mais notícias de Campo Grande

0 Comentários