01/02/2017 16h03

JBS demite 210 funcionários em Coxim

Imagens: Reprodução

A JBS é líder mundial em processamento de carne bovina, ovina e de aves, além de ter uma forte participação na produção de carne suína, mas fecha a unidade produtiva de Coxim/MS na manhã desta quarta-feira (01).

 

Mesmo sendo uma empresa de grande porte, realizou uma demissão em massa, onde 210 funcionários em sua maioria, moradores da cidade de Coxim. Os funcionários estavam em férias coletivas no mês de janeiro e ao retornar no dia de hoje, em uma reunião geral na empresa, receberam o Aviso Prévio do Empregador.

 

Um funcionário com 8 anos de empresa comentou ao Diário X “que estava saindo sem rumo e sem chão, sendo isso muito lamentável”.

 

Outro funcionário que também não quis se identificar, com 5 anos de empresa também falou para a imprensa “cara é muito complicado, o que a gente sabe fazer aqui não tem em outro emprego, a gente tem contas para pagar, família para sustentar e agora vamos ter que ir embora de Coxim”.

 

No momento da saída dos funcionários, chegou o produtor rural, José Clemente, que é de Presidente Prudente/SP e tem uma fazenda em Coxim, ele chegou para vender seu produto, pronto e acabado, mas infelizmente o frigorifico estava fechado. Na entrevista para o Diário X, José declarou que “é uma situação muito preocupante e terá um impacto negativo em toda a nossa região. Já penso até em trocar de fazenda, tendo em vista a distância para entrega do abate, pois agora vou ter que escolher entre Rondonópolis (MT) e Campo Grande (MS), gerando mais custos para o produtor rural”.

 

Em contato com a imprensa, com Carlos de Souza Cunha, Presidente do SINDMASSA, sindicato que representa a categoria dos funcionários em Coxim e o mesmo informou que está no dia de hoje em Campo Grande, onde às 14h30m vai participar de uma reunião com representantes do Grupo JBS e o Ministério Público, para tratar das ações judiciais e procedimentos em andamento.  A reunião será realizada na sede da Procuradoria do Trabalho e confirmou a nossa redação que assim que retornar vai receber a redação do Diário X para passar mais informações.    

 

O Prefeito Municipal de Coxim Aluizio São José (PSB) que não tinha até o momento nenhuma informação oficial, mas mesmo assim, disse que já está agendada uma teleconferência com a direção da empresa hoje às 13 horas.

 

Realizamos contato com o setor de comunicação corporativa da empresa JBS de São Paulo, conforme documento entregue na portaria da unidade de Coxim, onde posteriormente recebemos a ligação da assessoria de imprensa de Campo Grande/MS, Cleidi Hennes, que passou a nota por e-mail para a redação do Diário X.

 

NOTA

 

A JBS informa que encerrou nesta quarta-feira (1/2) as atividades de sua unidade de Coxim (MS). A decisão é resultado do término do contrato de sublocação da unidade. Após tentativas de negociação com a locatária do estabelecimento (River Alimentos Ltda.), não foi possível chegar a um acordo que permitisse a manutenção da operação em Coxim/MS.

 

Em Coxim, a JBS mantinha 210 colaboradores e realizava atividade de abate. A companhia oferecerá aos colaboradores a possibilidade de transferência para outras unidades e os que não puderem ou não aceitarem a transferência, a JBS promoverá o desligamento, de acordo com aquilo que prescreve a legislação.

 

Conheça um pouco mais sobre a empresa

 

A empresa JBS, segundo o seu site conta com mais de 200 mil colaboradores ao redor do mundo, possui 340 unidades de produção e atua nas áreas de alimentos, couro, biodiesel, colágeno, embalagens metálicas e produtos de limpeza. Está presente em 100% dos mercados consumidores, além de ser a maior exportadora do mundo de proteína animal, vendendo para mais de 150 países. 


Média: JBS demite 210 funcionários em Coxim     5,0 estrelas      
Vote nesta matéria


Leia mais notícias de Coxim

0 Comentários