05/07/2017 15h49

Em posse da diretoria da FETEMS, o destaque foi a união da categoria

Ass. de Comunicação FETEMS

Imagens: Ass. de Comunicação FETEMS

 A cerimônia de posse da nova diretoria da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) aconteceu no Circulo Militar de Campo Grande na segunda-feira (3) e destacou a necessidade de união dos(as) trabalhadores(as) em educação. Foram empossados os 28 membros da diretoria, 14 vices-regionais e seus suplentes.

 
 
Nos 38 anos da Federação na luta sindical em Mato Grosso do Sul a entidade chegou a mais uma posse de diretoria fortalecida através do processo democrático que culminou na eleição da Chapa 1 –FETEMS FORTE.
 
 
Foram 10.277 votos, computando 90,41% dos votos válidos. A eleição trouxe ainda como resultado, a autonomia dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação para escolher seus dirigentes e assim tornar possível a luta de toda a categoria por uma Educação de qualidade com valorização profissional.
 
 
Para Secretário-Adjunto de Relações Internacionais da CUT(Central Única dos Trabalhadores) . Ariovaldo de Camargo o momento é de união dos trabalhadores. “Vivemos um momento da atual conjuntura Nacional de retirada de direitos da classe trabalhadora. Essa é a hora de juntarmos as forças das diversas categorias e lutarmos contra a insensatez do Governo Federal que tem implementado a destruição dos direitos trabalhistas e previdenciários”, disse o dirigente cutista.
 
 
Na opinião de Edimilson Lamparina, secretário executivo da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação), a FETEMS possui uma posição fundamental na luta pelos direitos dos(as) trabalhadores(as) em educação. “A FETEMS em sua dinâmica possui uma importância única na luta pelos direitos dos(as) trabalhadores(as) em educação na região Centro-Oeste.
 
 
Uma entidade que se fortalece ainda mais com a posse dessa nova diretoria que tem um desafio enorme pela frente, mas que possui os elementos necessários para defender uma Educação de qualidade com valorização profissional”, ressaltou.
 
 
Para a vice-presidenta, professora Sueli Veiga Melo, a gestão que se inicia será de muita luta, mas que a direção possui pessoas preparadas para o defender os(as) trabalhadores(as) em educação. “Essa nova caminhada será de muitos desafios, mas nunca fugimos da luta e agora não será diferente.
 
 
Precisamos estar unidos para luta contra a política de retirada de direitos que estamos enfrentando atualmente”, pontuou.
 
 
O discurso mais emocionado da noite foi do professor Roberto Botareli, que deixou a presidência da FETEMS, após dois mandatos.” É com o sentimento de gratidão que deixo a direção da FETEMS. Foram anos de muito aprendizado e companheirismo de todos que caminharam juntos em nossas lutas. Lutas que não foram poucas à frente da Federação. Saio com o dever cumprido em ter me dedicado ao máximo para defender os interesses da categoria e da Educação Pública sul-mato- grossense”, salientou.
 
 
O professor Jaime Teixeira, que tomou posse como nono presidente da FETEMS, destacou o papel fundamental dos 73 SIMTEDs, como os responsáveis pelo fortalecimento da entidade. ”A FETEMS é formada por todos os SIMTEDs, seus presidentes, diretoria e afiliados. Não conseguimos caminhar sozinhos, fazemos parte de um todo que forma a Federação. Será essa a filosofia dessa gestão, fortalecer cada vez mais a representatividade da categoria”, pontuou.

Média: Em posse da diretoria da FETEMS, o destaque foi a união da categoria     5,0 estrelas      
Vote nesta matéria


Leia mais notícias de Educação

0 Comentários