20/02/2017 13h07

Nota de Repúdio da Associação de Cronistas Esportivos de Mato Grosso do Sul (ACEMS)

ACEMS

Imagens: Reprodução

A Associação de Cronistas Esportivos de Mato Grosso do Sul (ACEMS) repudia a atitude irresponsável e truculenta do atleta de futebol Rodrigo Gral do Operário de Campo Grande que na partida de domingo 19 de fevereiro pelo Campeonato estadual desrespeitou o cronista Everson Nunes, o Olho Vivo, em duas oportunidades.

 

O Cronista estava em pleno exercício profissional e teve o dedo colocado em seu rosto pelo referido atleta e também ficou sem resposta para uma pergunta pertinente feita a ele no intervalo do jogo.  O atleta não é obrigado a dar entrevista, mas ao não fazer deixa de prestar satisfação, não ao cronista e sim ao torcedor, ao cidadão.  E o repórter era no momento o elo entre torcedor e jogador, homem público e a sociedade.

 

O ato covarde de Gral em colocar o “dedo em riste” contra o Olho Vivo revela uma face violenta e prepotente que deve ser esquecida nas relações interpessoais e contraria a história de glória e tradição do Operário Futebol Clube.

 

A ACEMS não admite o cerceamento à liberdade de informação e ao direito de opinião e vai buscar a todo o momento a defesa do direito legítimo de bem informar, mesmo tendo que enfrentar atos desrespeitosos como o verificado neste final de semana.

 

Esperamos que a diretoria do Galo tome providências para que fatos como este não voltem a acontecer e que os cronistas esportivos de Mato Grosso do Sul possam continuar levando informação para todos os torcedores que amam o futebol e seus clubes de coração.

  


Média: Nota de Repúdio da Associação de Cronistas Esportivos de Mato Grosso do Sul (ACEMS)     5,0 estrelas      
Vote nesta matéria


Leia mais notícias de Esportes

0 Comentários