12/04/2011 15h37

Você é bonitinha, mas vai morrer’, contou menina sobre frase de atirador

G1

  • Exemplo12

“Você é bonitinha, mas você vai morrer”. Foi com essa frase que,  segundo Andréa Tavares Machado, o atirador Wellington Menezes de Oliveira iniciou os disparos contra sua filha, Taiane Tavares, de 13 anos. Ela uma das sobreviventes do ataque que matou 12 crianças na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na Zona Oeste do Rio.

“O estado de saúde dela é estável, ela está evoluindo bem. Ela conta tudo e contou que ela se escondeu, mas ele achou ela”, contou Andréia. Foi neste momento que o atirador teria anunciado à estudante que iria matá-la.

Taiane estava abraçada com um amigo. No primeiro tiro, a menina disse à mãe que colocou o braço na frente do rosto, onde Wellington teria mirado. “Mas aí ele continuou dando tiro nela. Ela tomou mais três tiros, mas graças a Deus ela é uma vitoriosa”, disse Andréa.

A menina saiu do estado grave no último domingo (1) e segue internada no Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ela foi atingida no abdômen e na coluna. O temor da família é que Taiane fique com algum tipo de sequela, já que nos primeiros dias ela não sentia as pernas. A menina já respira espontaneamente e está lúcida.

massacre em Realengo aconteceu na última quinta-feira (7). Seis alunos baleados continuam internados, dois deles em estado grave.


Média: Você é bonitinha, mas vai morrer’, contou menina sobre frase de atirador     0,0 estrelas      
Vote nesta matéria


Leia mais notícias de Policial

0 Comentários