SAAE busca melhorar eficiência e odor com novo sistema de tratamento de esgoto

| VICTOR CURRALES


O novo produto a ser utilizado reduzirá também o custo para a empresa - Foto: Victor Currales

Dentro de uma filosofia de trabalho, a administração do SAAE de São Gabriel do Oeste-MS, busca alternativas e intervenções com o objetivo de aumentar a eficiência de tratamento e reduzir custos da ETE.

De forma sistemática são realizados testes no laboratório Físico-químico e Microbiológico da ETE do SAAE-São Gabriel do Oeste-MS, com o objetivo de analisar produtos químicos alternativos mais adequados e selecionar a dosagem correta de cada produto, aumentando a eficiência e diminuindo o desperdício.

Segundo a Presidente da Autarquia, Rose Pires, a busca por soluções para a melhoria do sistema de tratamento de esgoto é um desafio que trouxe consigo e a visita de uma técnica da empresa SuperBac é um exemplo do plano de ação de melhoria contínua do SAAE.  

A ETE do SAAE de São Gabriel do Oeste-MS, está localizada na estrada vicinal que liga o município ao distrito do Areado e funciona 24 horas, inclusive sábados, domingos e feriados, com uma equipe responsável pela administração, operação, manutenção e monitoramento.

A presidente do SAAE e sua equipe técnica acompanharam a Bióloga Monique na visita a ETE - Foto: Victor Currales

De forma sistemática são realizados testes em laboratório com o objetivo de analisar produtos químicos alternativos mais adequados e selecionar a dosagem correta de cada produto, com vistas a eliminação total do desperdício.

Além da otimização do tratamento (aumento da eficiência e redução de custos) a gestão do SAAE, visa também a diminuição do odor e a sustentabilidade ambiental.

Monique Zorzin, Gerente Técnica da SuperBac, aprovou as instalações do ETE - Foto: Victor Currales

Visita Técnica

A visita da Gerente Técnica da Empresa SuperBac, Bióloga e Engenheira Ambiental, Monique Zorzin, explicou a nossa reportagem durante a visita na instalação do ETE, que o tratamento de esgoto de ação contínua e necessita sempre de modernização, cujo produto a ser utilizado nestes próximos meses já indica esse caminhar. Por isso tratar o esgoto é algo complexo, por isso, muitas tecnologias de tratamento estão disponíveis no mercado.

Com uma área de abrangência de cerca de 90%, o tratamento do esgoto em São Gabriel do Oeste, passa por análises e diversas concepções, envolvendo diferentes tecnologias de tratamento e foram devidamente estudadas até a definição da concepção atual.

Odor

O produto que será utilizado na ETE, servirá para aumentar a capacidade de tratamento, ou seja acelerar o processo de degradação com concentrações maiores de bactérias que irão degradar a matéria orgânica e numa velocidade maior.

Além disso, a utilização desse produto, vai auxiliar com relação ao odor que segundo ela se dá por excesso de matéria orgânica e pelo próprio processo natural de um esgoto.  

“O odor é inerente ao trabalho de tratamento de esgoto e o sistema do SAAE aqui em São Gabriel do Oeste está dentro dos padrões e a estratégia é ir aumentando as dosagens de micro-organismos, não tendo portando uma solução definitiva, pois falamos de esgoto. Vi aqui que a empresa está fazendo todos os esforços possíveis para reduzir o odor e os incômodos que isso provoca”, explicou a Bióloga Monique Zorzin.

Erro na Linha: #4 :: Trying to get property 'img_position' of non-object
/home/d7lb9ti1/public_html/front/modulos/posts/post_content/content_image.php

Erro na Linha: #6 :: Trying to get property 'img_legenda' of non-object
/home/d7lb9ti1/public_html/front/modulos/posts/post_content/content_image.php

A presidente do SAAE, Rose Pires também conversou com a imprensa, que o SAAE fez uma pesquisa de mercado até chegar a SuperBac, empresa que apresenta um novo produto que é uma inovação em saneamento biológico, e nós temos esse desafio de diminuir esse odor oriundo da ETE.

Rose Pires, espera que o investimento, apesar de lento e burocrático seja para que aumente a eficiência e qualidade dos serviços prestados pelo SAAE. Durante os próximos três meses será então testado esse produto com medições de eficiência e odor.

Investimentos

Desde que assumiu a direção do SAAEE, Rose Pires tem buscado juntamente com a equipe, por meio de estudos, visitas técnicas a viabilidade da readequação da Estação de Tratamento de Esgoto.

Em abril, ela e uma equipe do SAAE, acompanhados de secretários municipais e também pelo Vice-prefeito Valdecir Malacarne estiveram no município de Costa Rica para conhecer o Sistema de tratamento utilizado lá. O de Tratamento Biológico Constituído por RALF (Reator Anaeróbio de Lodo Fluidizado). Segundo Rose Pires, após um levantamento populacional, este foi o modelo apontado como referência para atender aquele município e que também já está sendo pensado para ser implantado aqui no futuro.

Um projeto deverá ser licitado em breve com investimentos de cerca de 200 mil reais, com recurso que deverá ser buscado mediante Projeto cadastrado no Ministério/Funasa com interlocução da Ministra Tereza Cristina, ou financiamento na rede bancária com valores estimados na ordem de 5 milhões de reais.   

“A partir da conscientização de havia a necessidade de ampliação dos serviços, melhorias no sistema, por que a cidade está crescendo, o nosso sistema de esgoto precisa acompanhar esse crescimento. Já encaminhados a solicitação do projeto e posteriormente buscaremos o recurso para a execução do novo sistema pretendido”, explicou Rose Pires.

A empresa

A SuperBA­C está há mais de 20 anos desenvolvendo e entregando soluções biotecnológicas de alta performance para os segmentos de agricultura, saneamento, óleo e gás e bens de consumo. Com centros de pesquisa e desenvolvimento localizados no Brasil, Estados Unidos, Colômbia, e Singapura, a SuperBA­C se consolida como uma empresa líder em bioinovação e referência na substituição de processos produtivos, de forma sustentável e economicamente viável.

A solução SuperBAC é capaz de auxiliar no tratamento destes resíduos ao reduzir odores, geração excessiva de lodo e compostos orgânicos presentes no sistema, como gorduras, proteínas, ureia, sulfeto e outros, como também proporciona aumento da capacidade de tratamento do sistema com redução de custos operacionais e mantém o efluente dentro dos parâmetros exigidos pela legislação ambiental vigente para lançamento em corpo receptor.


Texto e fotos de Victor Currales


Apoie o jornalismo independente.

É fundamental para São Gabriel do Oeste, para a região e todo o Mato Grosso do Sul.

Assine o Gabrielense e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Você irá receber também o nosso exemplar impresso com todas as notícias da cidade.

Um grande time de jornalistas, dando voz a sociedade em reportagens e vídeos com matérias de conteúdo próprio.

Entre em contado conosco e escolha o melhor pacote para você e sua empresa.

E-mail: [email protected]

Telefone: (67) 9.9887-3066